Para quem se foi


Você não sabe, mas passei mal e senti saudade do seu jeito acolhedor de dizer que tudo vai ficar bem. Senti falta das horas no telefone, de cada desabafo e de cada vez que senti que ia durar. Você não sabe, mas joguei nossas fotos fora, nem imagina que apesar de não olhar mais para elas, ainda lembro de como são e como foram os dias em que foram tiradas.

Você não sabe, mas essa semana eu disquei seu número. Por alguns segundos, fez sentido ligar. Você nem imagina, mas quando perguntou se poderia voltar para minha vida, senti o coração mais quentinho. Só que você fez igual a tantas pessoas que vejo por aí, manda que tem saudade e não vai muito longe. Não, você não queria voltar. Enquanto isso, há quem esteja longe e mesmo assim não partiu.

Você não sabe, mas torço muito por ti. Infelizmente, às vezes que vibro por suas vitórias ou entristeço com suas derrotas, é sabendo por terceiros. É o que dizem, a vida é assim. Você não sabe, mas a verdade, e digo isso sem dor alguma, é que não quer saber. Eu sei, é um texto em vão, porque apesar de cada lembrança, talvez, no fundo, eu também não queira mais saber.

You May Also Like

0 comentários